quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Entenda os Motivos da Proclamação da República no Brasil.

A proclamação da República Brasileira pode ser definida como um golpe político-militar, oficializado em 15 de novembro de 1889, no Rio de Janeiro, capital do Império do Brasil na época. Este levante destituiu o então imperador D. Pedro II de seu cargo, pondo fim a monarquia parlamentarista do Império e instituindo uma república presidencialista, cujo primeiro presidente foi o principal líder do movimento, Marechal Deodoro da Fonseca.

Embora tenha sido o único a obter sucesso, tivemos mais eventos de cunho republicano que ocorreram por aqui, como, por exemplo, a Confederação do Equador (1824) e também a Revolução Farroupilha (1839), que possuíam características claramente republicanas, sendo contra o regime absolutista comandado por D. Pedro nestes períodos.

Uma das razões que pode explicar o sucesso da última revolução é o fato de que o governo de D. Pedro II não possuía apoio em praticamente nenhum setor da sociedade naquela época.

No início da década de 1880, D. Pedro já havia perdido o apoio da igreja, no episódio que ficou conhecido como “questão religiosa”, em virtude de prisões e perseguições a bispos e integrantes da igreja que condenavam a prática da maçonaria, permitida durante o império.

O governo também já não contava mais com a ajuda dos militares, principalmente após a Guerra do Paraguai (1864-1870), na qual a base militar ganhou prestígio no ambiente social, fazendo com que parte de seus integrantes tivessem a ambição de adquirir importância política durante o período.

Em meados da década de 1880, o governo era sustentado principalmente pelos cafeicultores do vale do Paraíba, que eram grandes latifundiários e contavam com mão de obra escrava. Com a assinatura da Lei Áurea (1888), D. Pedro não só perde o único apoio que o mantinha no governo, mas também adquire novos opositores, os republicanos do treze de maio.

A soma de todos esses fatores garantiu o sucesso do golpe liderado por Marechal Deodoro, que mobilizou suas tropas, cercou os ministros imperiais e exigiu a deposição do rei. Em 15 de novembro daquele ano, o republicano José do Patrocínio oficializou a proclamação da República. Assim foi a instauração da república federativa do Brasil, que como deve saber, perdura até hoje.


Fonte: https://www.infoenem.com.br

domingo, 24 de setembro de 2017

Seleção de estagiário de nível médio para Pau dos Ferros inscreve 622 candidatos.

Encerradas, nesta sexta-feira (22), as inscrições para o processo seletivo que definirá a contratação de estagiários remunerados de Nível Médio, pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, para atuação na Comarca de Pau dos Ferros/RN. As 08 vagas ofertadas para a Comarca serão disputadas por 622 candidatos. 

A lista dos candidatos que tiverem suas inscrições deferidas e indeferidas será divulgada no dia 26 de setembro, através do Diário da Justiça Eletrônico (DJe) e afixada no átrio do fórum Dr. Jaime Jenner de Aquino. A prova, que constará de 30 questões, ficou definida para 01 de outubro de 2017, de 08h às 12h, no Campus Avançado Profª Maria de Elisa de Albuquerque Maia – CAMEAM-UERN, em Pau dos Ferros/RN. 

O candidato deverá chegar ao local com, no mínimo, 30 minutos de antecedência e portar documento oficial de identificação com foto que serviu de base para a sua inscrição, do comprovante de inscrição e de caneta esferográfica transparente azul ou preta.

quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Estágio Remunerado: Fórum de Pau dos Ferros/RN abre 10 vagas para alunos do ensino médio.

O magistrado Osvaldo Candido de Lima Junior, Juiz de Direito e Diretor do Foro Dr. Jaime Jenner de Aquino, na Comarca de Pau dos Ferros/RN, fez publicar no Diário da Justiça Eletrônico (https://diario.tjrn.jus.br/djonline/goto.jsf), desta quinta-feira (31), o Edital nº 001/2017, que dispõe acerca do Processo Seletivo de Estágio para alunos que estejam cursando o Ensino Médio na Rede Pública de Ensino e de Curso Profissionalizante e Tecnológico, no âmbito da Comarca de Pau dos Ferros/RN.

Resumo dos principais pontos do edital:

Total de Vagas: 10 vagas;
Bolsa Mensal: Bolsa-auxílio, atualmente no valor de R$ 562,00 (quinhentos e sessenta e dois reais), e, ainda, auxílio transporte, atualmente no valor de R$ 127,60 (cento e vinte e sete reais e sessenta centavos).
Duração do Estágio: 01 ano podendo ser prorrogado por mais 01 ano.
Inscrição: As inscrições serão realizadas, gratuita e pessoalmente, no período de 05/09/2017 a 22/09/2017, em dias úteis, no horário de 08:00 horas às 15:00 horas, na Secretaria de Administração, localizado no Fórum Dr. Jaime Jenner de Aquino, sito a avenida Senador Dinarte Mariz, 570, São Benedito, Pau dos Ferros/RN.
Para se inscrever o candidato deverá:
a) preencher e assinar ficha de inscrição que estará à disposição dos interessados no local da inscrição; b) entregar os seguintes documentos: b.1) Fotocópia legível da cédula de identidade e do CPF; b.2) Declaração comprobatória de matrícula e frequência regular em Instituição Pública de ensino médio, de curso profissionalizante e tecnológico, de educação especial, ou ainda, de estar cursando os anos finais do ensino fundamental, na modalidade profissional da educação de jovens e adultos, aceita somente no prazo de 30 (trinta) dias contados da data de sua emissão, atestada pela Instituição de Ensino; b.3) Cópia do comprovante de residência;
b.4) Certidão negativa de antecedentes criminais, excetuando-se para os menores de 18 anos. A certidão de antecedentes poderá ser retirada através do site do TJ/RN no http://esaj.tjrn.jus.br b.5) Declaração escrita de não se enquadrar nas causas de impedimento previstas na Resolução nº 10/2017-TJ, de 22 de fevereiro de 2017.
Prova: A seleção dos candidatos inscritos será realizada mediante prova composta por 30 (trinta) questões objetivas de múltiplas escolhas, sendo 10 (dez) questões de língua portuguesa, 05 (cinco) questões de matemática e raciocínio lógico, 07 (sete) questões de noções de informática e 08 (oito) questões de conhecimento gerais e atualidades.

Aplicação da Prova: A prova objetiva, terá duração de 4 (quatro) horas e será realizada na data de 01/10/2017, às 08:00 hs, no Campus Avançado Profª Maria Elisa de Albuquerque Maia – CAMEAM/UERN, localizado na Br 405, KM 3, Arizona 59900-000 – Pau dos Ferros-RN, devendo o candidato comparecer ao local indicado com antecedência mínima de 30 minutos do início da prova.

Fonte: Edital 001/2017

 
Cosme Júnior